Os 5 maiores erros do jovem advogado!

shutterstock_119657461

Antes de iniciar seu escritório de advocacia, é fundamental que o Advogado elabore o seu plano de negócios ou modelo de negócio do escritório, um documento que descreve quais são os objetivos e as etapas a serem cumpridas para alcançá-los, sendo útil também para diminuir os riscos que envolvem a atitude de empreender dos Jovens Advogados.

Montar um plano de negócios ou modelo de negócio não é uma tarefa fácil. O alto grau de ansiedade para abrir o primeiro escritório de advocacia contribui para que os Jovens Advogados acabem cometendo alguns erros.

Dessa forma, elaboramos uma lista com os principais erros cometidos pelos Jovens Advogados na hora de abrir seu primeiro escritório de advocacia:

1. Não definir um área de atuação

É preciso conhecer os detalhes do segmento jurídico em que pretende atuar para, assim, encontrar as oportunidades nele.

2. Não pesquisar o mercado em que irá exercer a advocacia

 Consiste em não ter as informações sobre os prováveis clientes: o que comunicar de serviço de acordo com o Código de Ética da OAB, de que forma captar o cliente, qual é o local adequado para atender o cliente, e qual é a demanda potencial para esse serviço jurídico.

3. Não pensar no Financeiro

Não se foque apenas em dinheiro. Seu foco deve se concentrar nos custos operacionais do escritório e em como você vai chegar lá. Por exemplo, se um cliente lhe paga em média R$ 300,00 (trezentos reais), você precisará de 120 clientes no ano para faturar R$ 36 mil até o final do ano. Isso equivale a contar com dois clientes e meio por semana (entre clientes atuais e novos). A não ser que você pretenda prestar um alto volume de serviços, você terá de desenvolver uma maneira de oferecer serviços mais rentáveis a novos clientes.

4. Achar que Marketing Jurídico é Captar Cliente

Lembre-se que não é apenas fazer cartão de visita e site. Os advogados mais bem sucedidos reconhecem a importância do marketing jurídico e do desenvolvimento de negócios. Você precisa estabelecer metas mensuráveis de marketing. O cumprimento delas vai depender da definição de suas metas financeiras. Você irá produzir conteúdo dentro da sua área de atuação? Como você vai divulgar seu conteúdo? Quem vai ajudá-lo a gerenciar suas redes sociais e site? Quem irá fazer o acompanhamento dos contatos?

5. Não pensam em como captar os primeiros clientes

 Quantas visitas você vai fazer a possíveis clientes por semana ou por mês, apenas para desenvolver um relacionamento, fazer perguntas sobre sua empresa, sua família e sua vida? Essas visitas servem para identificar possíveis problemas jurídicos que você pode solucionar, sem se preocupar em falar sobre a grandeza do escritório e oferecer seus serviços no primeiro dia.

Por: Fernando Santiago

Quer saber mais?

Especialização na advocacia

Planejamento financeiro

Você também pode gostar de

0 comentários

Por 

Entar

Resetar sua Senha

Assinatura por Email